Josette Feres: música para crianças

Prezados(as),

No dia 15 de Dezembro de 2012, às 10h00, será lançado o livro “Josette Feres: música para crianças”, de autoria de Ariadne Gattolini.

Este volume faz parte da coleção “Grandes Educadores Jundiaienses”, projeto da Secretaria de Educação de Jundiaí que visa valorizar personalidades que trabalham em prol da área de educação, desenvolvendo ações diferenciadas.

Nesta data haverá uma apresentação da Orquestra de Câmara e Repertório da EMJ – Escola de Música de Jundiaí, regida pela maestrina Claudia Feres e exposição de quadros da artista Fernanda Milani.

O lançamento será na Biblioteca Pública Municipal “Prof. Nelson Foot”, localizada à Av. Dr. Cavalcanti, 396 – Centro – Jundiaí / SP. Tel: (11) 4527-2110

Josette Feres, eu e Claudia Feres na Escola de Música de Jundiaí, em Fevereiro de 2011, n dia do lançamento CD Bebê, Música e Movimento.

Josette Feres, eu e Claudia Feres na Escola de Música de Jundiaí, em Fevereiro de 2011, n dia do lançamento CD Bebê, Música e Movimento.

 

A educadora musical – que também é minha querida tia – Josette Silveira Mello Feres, nasceu em 22 de agosto de 1933 e iniciou seus estudos de piano em 1941, com Maria Wagner, professora austríaca, formada em piano pelo Conservatório de Viena.

Durante os anos de ginásio e curso de magistério teve aulas com Benedito Dutra, considerado por Feres excelente professor de música e com quem relata ter aprendido quase tudo o que sabe sobre teoria, leitura e escrita musical.

Em 1950 entrou no Conservatório Musical Carlos Gomes de Campinas, São Paulo, onde teve aulas de piano com Miguel Zigiatti. Começou a dar aulas particulares de piano aos 14 anos e em 1953 foi ao Rio de Janeiro fazer o curso de iniciação com Antônio e Nayde Sá Pereira. Ainda no Rio de Janeiro, formou-se pelo Conservatório Nacional de Canto Orfeônico, curso que havia iniciado em Campinas nas Faculdades Campineiras (atual PUC).

No Conservatório de Canto Orfeônico, teve aulas com excelentes professores, dentre eles, Heitor Villa-Lobos.

Foi professora de musicalização na Escola de Música de Piracicaba de 1954 a 1956, onde ministrou aulas de iniciação musical, flauta doce e piano, além de reger um coro infantil. Teve aulas com H.J. Koellreuter (regência coral, harmonia, contraponto e estética musical), Ernst Mahle (flauta doce e história da música), Damiano Cozzella (harmonia) e Maria Dirce de Almeida Camargo (piano). Trabalhou com Maria Aparecida Mahle e ainda na mesma época, participou do Primeiro Seminário de Música da Bahia, em Salvador, onde conheceu Rosita Salgado Góis, que desenvolvia então um trabalho de musicalização de referência naquela cidade.

Construiu sua carreira docente como professora da rede pública estadual de São Paulo entre 1956 e 1983 e é diretora da Escola de Música de Jundiaí, por ela fundada em 1971.

Nos anos 70, tomou conhecimento das aulas com bebês de Walkyria Passos Claro, de São Paulo, mas somente em 1987 teve oportunidade de fazer um curso com ela e conhecer seu trabalho de perto. Este curso deu início à sua pesquisa e seu trabalho com musicalização para bebês.

Josette Feres na Escola de Música de Jundiaí

Josette Feres na Escola de Música de Jundiaí

 

Neste trabalho sempre esteve acompanhada de sua filha Luciana, que a acompanha ao piano e a auxiliava na distribuição dos materiais. Podemos ler no “CADERNOS TOCANDO E CANTANDO. Do antigo ao contemporâneo na cultura musical de Mogi das Cruzes” (Secretaria Municipal de Educação de Mogi das Cruzes/SP, Coordenadoria de Comunicação Social) um registro de como ocorreu o início do trabalho com bebês.

“Depois de terminada a aula, nós fazíamos uma avaliação do trabalho realizado. Na anotação sobre a primeira aula está escrito: “Decepção! Só veio um bebê! A Marina. Ela estava tímida, com medo que a mãe saísse de perto dela…”(21-10-1987). Na aula seguinte, entretanto o relatório foi bem mais animador: “Surpresa! Hoje vieram muitos bebês! Foi ótimo!As crianças são animadas e as mães mais ainda…” (28-10-1987).”

 

Luciana Feres Nagumo na Escola de Música de Jundiaí

Luciana Feres Nagumo na Escola de Música de Jundiaí

 

Para desenvolver seu método de musicalização para bebês pesquisou estudos internacionais sobre o tema, tais como as revistas do MENC (Music Educator National Conference), da ISME (International Society for Music Education) e principalmente as publicações da Early Childhood Connection – Music and Moviment, dirigida à Educação Musical da primeira infância.

Assim conheceu os trabalhos de Barbara Andress, da Arizona University; Donna Brink Fox, da Rochester’s Eastman School of Music; e Grace Nash (EUA).

Participou de congressos, seminários e do International in-service Course, na Hungria em 1993, ocasião em que aprofundou seus conhecimentos sobre os métodos e teorias de Kodály, Orff, Suzuki, Willems e Martenot. Estudou com renomados pesquisadores, dentre eles Violeta Gainza (Argentina), Judith Akoschky (Argentina), Wendy Sims (EUA), Donna Wood (Canadá), Francis Aronoff (EUA), Kataleen Forray (Hungria), Grace Nash (EUA), Lili Levinowitz (EUA), Keenneth K. Gilmartin (EUA), Anne Piiroinen (Finlândia), Katherin Smithrin (Canadá), Danette Littleton (EUA), Atouko Omi (Japão), Carol Scott Kassner (EUA), Jenny Lay Ong (Malásia), Maga Forrai Graf (Hungria), Tia Lodewyzsk (Austrália), Lily Chen (Hong Kong) e June Tillman (EUA).

Apresentou seu trabalho com bebês no seminário da ISME Early Childhood Connections, em Missouri – Columbia – EUA, no ano de 1994, tendo publicado um artigo no Journal of Music – and Movement-Based Learning. Em 1997 fez os cursos Firsts Steps e Conversational Solfeje na Hartt School da Universidade de Hartford – Connecticut – EUA com John M. Feierabend, cujo trabalho conhecia.

 

 

 

Josette Feres continua a efetuar um trabalho musical de reconhecida importância por todo o Brasil, musicalizando bebês, crianças e adolescentes; formando músicos, instrumentistas e educadores musicais.

Acaba de retornar esta semana (dez/2012) da cidade de São José dos Campos – S.P., onde, a convite da Prefeitura, ministrou duas oficinas sobre grandes educadores musicais do séc. XX .

Publicou quatro livros: Iniciação musical – brincando, criando e aprendendo (livro do professor) – 1989, Iniciação musical (1º caderno de atividades) – 1989, Iniciação musical (2º caderno de atividades) – 1990 e Bebê – música e movimento – 1998, todos pela editora Ricordi.

Leitura:

REIS, Katiane Borghesan. CONSTRUINDO EXPERIÊNCIAS MUSICAIS COM BEBÊS: UMA ANÁLISE DAS PROPOSTAS DE JOSETTE FERES. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à UNOPAR – Universidade Norte do Paraná, como requisito parcial para a obtenção do título de Pós-Graduação em Música-Regência.

Minha prima Luciana e eu.

Minha prima Luciana e eu.

2 respostas em “Josette Feres: música para crianças

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s